NOSSA SENHORA APARECIDA

Padre Ivanildo Teixeira Vieira | Outubro 2020

Querido Povo de Deus,

 

Está no mês de Outubro, considerado pela Igreja como o Mês das Missões. É um mês muito rico para nossa religiosidade, pois, neste mês, celebram-se vários santos, a começar pelo primeiro dia, no qual fazemos memória de Santa Terezinha do Menino Jesus. Esta santa nunca saiu do convento, onde permaneceu por alguns anos praticando jejum, penitência e oração. No entanto, é considerada a padroeira das missões.

 

No dia 04, fazemos memória a São Francisco de Assis, o jovem que largou tudo para seguir Jesus. No seu encontro pessoal com o Senhor, recebeu a missão de reconstruir a Igreja. Diz o Senhor a Francisco: "Francisco, reconstrói a minha Igreja".. Então, o jovem deixa a sua família, abandona tudo e inicia sua evangelização itinerante, enfrenta tudo, inclusive, o Papa da época. Francisco, o santo da natureza, Francisco, o santo dos pobres, Francisco, o santo da paz. O místico pregador e pacificador foi maltratado, humilhado, apedrejado, mas sempre deu uma resposta cristã às adversidades.

 

No dia 12 de Outubro, celebramos Nossa Senhora Aparecida, mãe de Deus e nossa, padroeira do Brasil. Nossa Senhora, que aparece negra, mostra que o povo negro tem valor e precisa ser respeitado e dignificado. Nossa Senhora de milhões de lares e corações! Não existe nenhum canto deste país que não haja uma imagenzinha de Aparecida. Nossa Senhora consoladora de tantos corações aflitos, principalmente, de muitas mães.

 

No dia 18, celebraremos São Lucas, o padroeiro dos médicos. São Lucas, o evangelista; São Lucas que mostra Jesus sempre a caminho de Jerusalém; São Lucas que mais fala do coração misericordioso de Jesus. No seu Evangelho, está as três parábolas, três pérolas da misericórdia: "Dracma perdida, ovelha perdida" e "Pai misericordioso", todas no capítulo 15.

 

Por fim, no dia 28, o santo de grande devoção, São Judas Tadeu. Uma das doze colunas-mestra da Igreja, caminhou fisicamente com Jesus, aprendeu diretamente muitas coisas com Jesus. É considerado o "santo das causas impossíveis". Muita gente o recorre, buscando alcançar uma graça.

 

Aproveitando, portanto, desse precioso tempo para fazer nossa caminhada de fé, peçamos ao Senhor luz, sabedoria e disposição, a fim de viver estes momentos riquíssimos da nossa igreja

 

Um abraço do amigo e irmão,

Padre Ivanildo