05a5dcff-8d9a-4f3e-b7d5-d8b27e1953a6_edi

História:     

A liturgia de 29 de Setembro nos diz que os arcanjos são mensageiros de Deus, "espíritos servidores, enviados a serviço daqueles que vão receber a salvação como herança" (Hb 1, 14).

 

Dessa forma, nos é apontado um pouquinho da aparição deles na Bíblia: Miguel é lembrado no livro de Daniel, como o protetor particular do povo eleito. Aparece, ainda, em luta contra o dragão, no Apocalipse.

Gabriel anunciou o nascimento de João Batista e o de Jesus Cristo. Rafael apresenta-se no livro de Tobias como acompanhante do jovem na viagem e como portador de salvação do velho pai cego. Anjos e arcanjos não cessam de servir e adorar a Deus e nós somos convidados a acompanhá-los nessa função sagrada.

Embora na etimologia dos nomes dos Arcanjos Miguel (Quem como Deus); Gabriel (Força de Deus) e Rafael (Deus cura) já apareça sua missão explícita, vamos refletir um pouco sobre algumas passagens acerca dos arcanjos na Bíblia, para entendermos por que damos a eles os títulos de Arcanjo Guerreiro (Miguel), Arcanjo Mensageiro (Gabriel), Arcanjo da Cura (Rafael):

No livro de Daniel é apresentada a intervenção de Miguel, o anjo que protege o povo escolhido: são as forças celestes unindo-se aos fiéis, que na Terra lutam pela causa de Deus: Nesse tempo se levantará Miguel, o grande príncipe que protege o povo ao qual você pertence: será uma hora de grandes apertos, tais como jamais houve, desde que as nações começaram a existir,

até o tempo atual. Então o seu povo será salvo, todos os que estiverem inscritos no livro (Dn 12, 1).

 

Já no Apocalipse, Miguel vence e expulsa o Dragão, o mal que sempre ameaçou a humanidade: Aconteceu então uma batalha no céu: Miguel e seus Anjos guerrearam contra o Dragão. O Dragão batalhou juntamente com os seus Anjos, mas foi derrotado, e no céu não houve mais lugar para eles (Ap 12, 7-8).

Nessas e nas demais menções ao Arcanjo Miguel, pode-se perceber um ponto em comum: a existência de um conflito, representado por batalhas, no qual o Arcanjo aparece para defender e preservar o povo de Deus, lutando a seu favor contra o mal. Daí o título de Arcanjo Guerreiro.

Portanto, ao compreender a missão do arcanjo, o povo de Deus passou a identificá-lo assim:
Miguel, o Arcanjo Guerreiro!